Um cruzamento feito na base de dados do Banco Central mostra que os investimentos brasileiros em ações, títulos e imóveis no exterior cresceram de US$ 15,4 bilhões em 2008 para US$ 35,6 bilhões em 2013 – um aumento de 131%. Os ribeirão-pretanos não ficaram de fora dessa onda de interesse pelo mercado americano, principalmente no setor imobiliário.