Adquirir um imóvel já mobiliado pode ser uma boa opção para quem quer economizar tempo e dinheiro. No entanto, é necessário abrir mão da exclusividade, já que não é possível opinar sobre a decoração do novo lar. Em uma pesquisa realizada no site da Rede Netimóveis, aproximadamente 5,5% dos imóveis disponíveis para locação são mobiliados. Na Betha Espaço o número é maior: cerca de 10% da carteira de imóveis oferecidos estão nessas condições.

 

De acordo com a Gerente de Locação da Betha Espaço de Vitória, Roberta Martins, o perfil de pessoas que buscam esses imóveis são jovens solteiros ou profissionais e famílias que se mudam para o estado a trabalho e não têm a certeza de que vão se estabelecer aqui. “Os imóveis, quando mobiliados, têm um aumento no valor da locação de acordo com os objetos que consta. Temos apartamentos totalmente mobiliados, dos móveis à objetos de decoração, ou apartamentos semi-mobiliados, com apenas os itens básicos. É uma opção que traz até economia, para quem prevê outras mudanças, casamentos e compra de imóveis”, destaca.

 

O analista de sistemas Diego Soares Rodrigues, 23 anos, mora em república e, segundo ele, a mobília é o grande atrativo para o público jovem que chega à capital para estudar e trabalhar. "Acabei de alugar um imóvel mobiliado e para quem vem de fora este é um ponto relevante na hora de fechar o negócio. Minha escolha foi baseada no melhor custo benefício, pois já que não possuo imóveis, um apartamento já com a mobília básica pouparia o trabalho de ter que comprá-la. Outro motivo é dificuldade para mudança, onde os móveis podem ser danificados ou inutilizados”, afirma.

 

Além dos itens básicos, é possível encontrar imóveis com eletrodomésticos, utensílios de cozinha e até objetos de decoração. Segundo Roberta, é necessário observar alguns pontos antes de fechar o negócio. "É importante que o dono do imóvel e o inquilino elaborem juntos um laudo descritivo do imóvel para anexar ao contrato, descrevendo o estado dos móveis. Além disso, é importante retirar objetos caros ou com valor afetivo, pois qualquer acidente pode ser irremediável e, é claro, fazer uma vistoria antes e depois da entrega das chaves", ressalta.

Fonte: Obra 24 Horas